Margarida Pinto Correia

Embaixadora do Projeto Café Memória

«Esta experiência do Café Memória tem sido uma verdadeira viagem de partilha e de amor: ao partilharmos experiências, caminhos, dores e soluções encontradas, aproximamo-nos e "normalizamos" a nossa vida, o nosso caso. Poder partilhar e, com isso, "libertar" nos outros o seu mais íntimo anseio, percurso, vivência e medo, é um caminho necessário. A Demência em geral provoca enormes demências funcionais, emocionais, na vida das famílias e dos cuidadores: ficamos todos "doentes", satélites do doente propriamente dito. E este desvio da normalidade das nossas vidas, encontra depois pouco colo e poucas referências nos outros. Isso provoca isolamento, solidão, e uma bola-de-neve de dúvidas. É assim fundamental promover o encontro! Partilhar momentos, rir das estórias que vivenciámos, criar caminhos novos para encarar e enquadrar cá dentro, fundo em nós. Na nossa memória, no rosto dos outros, no que fica quando tudo o que conhecíamos acaba.


Parabéns, Café Memória, pela coragem de pôr de pé, manter, e promover a partilha. Pela criação do Espaço e do Tempo. Parabéns aos parceiros e apoiantes, por permitirem que aconteça. Parabéns aos voluntários, por quererem Estar. E aos familiares e cuidadores por partilharem, usufruírem, e se deixarem envolver. É urgente mais. Ainda bem que vamos a caminho...»