Notícias

Café Memória chegará a Pombal

25.7.2020

Na última reunião de Câmara, a autarquia de Pombal aprovou um protocolo que viabiliza a realizção do Café Memória, que envolve também a empresa Sierra Portugal, SA., e a Associação de Pais e Educadores para a Infância de Pombal.

O inicio das sessões ainda não tem data marcada por causa da pandemia.

Café Memória fica em casa

18.5.2020

Face à atual pandemia e num esforço de adaptação às novas circunstâncias, o Café Memória realizou em abril o seu primeiro encontro virtual.

“A primeira sessão do Café Memória fica em casa foi um verdadeiro sucesso”. Quem o afirma é Catarina Alvarez, responsável por este projeto singular que promove encontros informais entre cuidadores e pessoas com problemas de memória e demência, com o apoio de técnicos de saúde, técnicos de serviço social e de voluntários.

 Num país onde se estima existirem cerca de 200.000 pessoas com demência que necessitam de cuidados a tempo inteiro, estes encontros constituem um espaço importante de apoio e partilha de experiências dos vários agentes envolvidos nesta realidade, muitas vezes invisível, mas com enorme impacto na sociedade. Em 2018 e 2019, este projeto tinha já assumido uma outra variante, sob a forma de uma itinerância que levou estes encontros a meia centena de localidades isoladas do país: o Café Memória faz-se à estrada. Agora, na impossibilidade de encontros  presenciais, o projeto adaptou-se a um novo formato: o Café Memória fica em casa.

Café Memória: O local de encontro para pessoas com demência, agora online

30.4.2020

Presente em 20 localidades por todo o país, o Café Memória proporcionava, mensalmente, uma oportunidade de convívio e aprendizagem para as pessoas com demência e os seus cuidadores. Em tempos de pandemia, o projeto teve de se adaptar.

De há sete anos para cá, era ao sábado de manhã que, alternadamente, os vários Cafés Memória de todo o país proporcionavam aos seus participantes um momento não só de socialização e partilha de experiências, mas também de cedência de informação útil, através da presença de profissionais ligados à demência, sempre num registo informal e sob um véu de segurança e proteção, criando uma espécie de espaço seguro.

Como tantas outras iniciativas, o Café Memória teve de cessar as sessões presenciais e recorrer ao online – adaptação que se tornou “essencial”, segundo Catarina Alvarez, coordenadora da iniciativa. “Depois da suspensão do atendimento presencial, começámos a falar com os participantes por chamada, por Whatsapp ou como podíamos, e notámos que as sessões faziam realmente falta a muitos deles.”

O Café Memória é um projeto que prima pela cumplicidade e atenção pessoal e, como tal, cada uma das vinte equipas foi contactando os participantes da sua localidade para transmitir a boa nova – as sessões estavam de volta, agora semanais, por videochamada e abertas a toda a gente, num novo formato apelidado de “Café Memória Fica em Casa”. Espalhada a palavra, logo na primeira sessão, a 18 de abril, a adesão foi tal que a sala da plataforma Zoom atingiu a sua capacidade. “Não estávamos à espera de ter tanta gente. As pessoas queriam entrar e já não conseguiam, tivemos logo de aumentar o nosso plano”, disse Catarina Alvarez, por entre risos.

De facto, na segunda sessão, o aumento do plano mostrou-se vantajoso. Às 11h de sábado, dia 25 de abril, os números da sala online aumentavam a olhos vistos, assim como as mensagens de bom dia no chat escrito, ao lado. À medida que os participantes apareciam, a equipa de Viana do Castelo, responsável pela sessão, pedia a cada um que se apresentasse – nome e local. De norte a sul do continente, passando pelas ilhas e até por Espanha, eram várias as caras conhecidas da organização e outras tantas a aproveitar o novo formato para participar pela primeira vez. “É mesmo este o nosso objetivo – chegar a mais gente e fazer com que esta rede seja ainda mais próxima do que antes”, salientou Patrícia Sousa, da equipa vianense.

Feitas as apresentações, e já com cerca de 150 pessoas ligadas, introduzia-se a temática da adaptação ao ambiente em casa, com a ajuda da psicóloga clínica Ana Costa. Durante a fase de pandemia, prevê-se que todos os temas tratados nas sessões sejam relativos ao ajuste à mesma. “Já era comum para as pessoas com demência e problemas de memória passar mais tempo em casa e essa condição só se agravou agora”, disse Catarina Alvarez, acrescentando que faz parte do compromisso do Café Memória “continuar a ajudar estas pessoas, proporcionando-lhes um contacto próximo e uma experiência única.”

Aquando da intervenção de Ana Costa, vão sendo deixadas perguntas e discutem-se ideias no chat, promovendo o convívio do formato tradicional. Com o relógio quase a tocar no meio-dia, a marcar o final da hora de sessão, são dadas respostas e conselhos e é frisada a disponibilidade tanto da profissional como da equipa para ajudar no que for preciso, pós-sessão. De câmaras e microfones ligados, com um sorriso na cara, todos dizem adeus ou um “até para a semana”.

Da organização fica a certeza de que o novo formato, apesar de ter surgido como adaptação, tem vindo a trazer benefícios. “No modelo tradicional, as pessoas participavam apenas aquela vez por mês na sua localidade, agora, apesar de bastante diferente, dispõem de acompanhamento semanal”, destacou Catarina Alvarez.

Prevê-se que o formato se mantenha até ao final de agosto. Até lá, as sessões do Café Memória vão continuar a acontecer todos os sábados, das 11h às 12h, e qualquer um pode participar.

Alzheimer. O Café Memória está de volta, mas é virtual

16.4.2020

Devido à pandemia, a Alzheimer Portugal teve que suspender a organização do Café Memória, encontros em que participam cuidadores e pessoas com demência, em estado inicial.

Se o isolamento social já é uma característica associada às demências, nomeadamente Alzheimer, a pandemia ainda veio contribuir para o agravar.

 

Por isso a organização decidiu avançar com uma nova fórmula online, “Café Memória Fica em Casa”, em que todos podem participar. As sessões têm lugar todos sábados, às 11h da manhã e duram cerca de uma hora. Começam já depois de amanhã (dia 18) e são dinamizadas pelas equipas dos Café Memória já presentes em vinte localidades do país.

 

Em cada sessão há um convidado e um tema diferente mas todos com o objetivo de ajudar os cuidadores e os doentes com demência a travessar esta fase de pandemia em que são obrigados a ficar ainda mais tempo em casa.

 

“É preciso ver que lidar com uma pessoa com demência 24h/dia é uma tarefa bastante exigente e desafiante. Muitas destas pessoas, antes, estavam no centro de dia e agora veem-se confinadas em casa. Têm as suas rotinas alteradas e pelas características da doença, têm mais dificuldade em se adaptar às mudanças. E também têm mais dificuldade em assegurar as novas rotinas de higiene e segurança que a pandemia impõe, refere Catarina Alvarez.

 

Médicos, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, professores de ginástica e outros especialistas são alguns dos participantes que estão previstos nas diversas sessões online que deverão prolongar-se até ao fim de agosto.

 

“Dicas para viver melhor estes tempos de pandemia” é o tema para a primeira sessão, a cargo do psicólogo Nuno Antunes, autor de um manual sobre esta matéria, já disponível também no site da Alzheimer Portugal.

 

A participação no “Café Memória Fica em Casa”pode ser feita através da plataforma Zoom mas antes é preciso copiar o link no Facebook ou site do Café Memória ou da Alzheimer Portugal.

 

Café Memória Fica em Casa

13.4.2020

Devido à situação excecional que vivemos, houve necessidade de suspender as sessões presenciais do Café Memória. 

 

Apesar dos tempos exigentes que estamos a atravessar, não perdemos a determinação de apoiar as Pessoas com Demência e os seus cuidadores e familiares. 

Até existirem condições para retomar os encontros presenciais aos sábados de manhã, vamos implementar um novo formato, com a preciosa colaboração das equipas técnicas dos 20 Cafés Memória que existem no nosso País. 

 

Este novo formato chama-se “Café Memória Fica em Casa” e vai funcionar à distância!  

 

É muito fácil. Todos os sábados, às 11h da manhã, uma das nossas equipas vai promover uma sessão virtual. Estas sessões vão contar com um orador convidado que vai abordar um tema específico relacionado com a demência. Todos terão a oportunidade de lhe colocar questões como costumamos fazer habitualmente, naquele registo informal e bem disposto que nos caracteriza. 

 

Cada sessão terá a duração máxima de 1 hora e realiza-se com o recurso à plataforma Zoom. Para o efeito, basta aceder à Internet e juntar-se a nós utilizando este link: https://zoom.us/j/7872063580

 

Veja aqui o vídeo explicativo.

Estão todos convidados a participar nestas sessões virtuais, que começam já no próximo sábado, dia 18 de abril!

Café Memória chega a Mirandela. “Uma ajuda tão pequena” e com tanto impacto

20.10.2019

É o primeiro no interior do país e junta-se ao Gabinete de Apoio à Doença de Alzheimer. Vai apoiar doentes, familiares e amigos. “À medida que a doença avança, quem começa a consumir mais tempo nas consultas é o cuidador”, diz neurologista.

 

O Café Memória de Mirandela abre portas a partir do dia 16 de novembro e vai funcionar no terceiro sábado de cada mês.

 

O primeiro Café da Memória no interior do país integra a rede nacional do projeto da Associação Alzheimer Portugal e, segundo o responsável Luís Durães, “não pretende ser uma clínica da memória, mas sim um ponto de encontro para pessoas com problemas de memória, seus cuidadores, familiares e amigos.

 

“É um espaço informal, não há qualquer tipo de obrigatoriedade de participar na sessão toda ou em todas as sessões. As pessoas sabem que podem aparecer e que são recebidas à porta por dois técnicos, que são sempre os mesmos dois técnicos, que dinamizam todas as sessões e por uma extensa equipa de voluntários que vai promover um espaço de partilha de informação, de partilha de experiências também e suporte emocional de apoio mútuo”, explica Luís Durães.

 

 

Já a neurologista Ida Matos destaca a “ajuda muito importante” que o Café Memória pode dar a quem cuida dos doentes.

 

“À medida que a doença avança, quem começa a consumir mais tempo nas consultas é o cuidador que não sabe como há de lidar com o doente que um dia não quer tomar os remédios, outro dia não dorme e anda a passear pela casa de noite”, observa a médica.

 

E como consequência – acrescenta – “o cuidador começa a ficar muitas vezes ansioso e, muitas vezes, não tem ninguém com quem falar”, daí a importância destes espaços para “poder partilhar com outra pessoa que tem a mesma experiências que, se calhar, já arranjou um truque mágico para fazer com que o doente coma e tome os medicamentos sem ninguém stressar em casa”.

 

“Isto é fundamental para o doente e para o cuidador melhorar o cuidado ao doente e melhorar a saúde mental do cuidador”, sublinha ainda.

 

A neurologista da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste indica que mais de metade das consultas anuais na especialidade de neurologia, realizadas no distrito de Bragança, são de utentes que sofrem de demência.

 

“Nós vivemos num distrito com uma pirâmide etária invertida e, ao termos uma população predominantemente idosa, temos muitos doentes com demência”, refere a médica, adiantando que, em termos de consultas de neurologia, “as doenças neurodegenerativas”, onde junta “a demência com a doença de Parkinson, são mais de 50% dos nossos doentes”.

 

A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste faz em média, por ano, oito mil consultas de neurologia, o que exprime que o número de doentes com demência é significativo.

 

O projeto Café Memória arrancou em 2013 e funciona, atualmente, em 22 locais do país. É, segundo Luís Durães, um sucesso, porque “todos os cafés que abriram continuam de portas abertas e a funcionar em pleno”.

 

O responsável pela rede nacional do projeto Café Memória realça ainda que as pessoas “vistam os espaços e fidelizam”, indicando que nestes sete anos de atividade, o número de participantes ultrapassa os três mil.

 

“[As pessoas] levam muito daqui para as suas vidas, através de uma ajuda que é tão pequena. Com pouco fazemos muito e cada um dá alguma coisa diferente”, observa, sublinhando que também em Mirandela “há um conjunto enorme de parceiros” e que “cada um dá uma pequena parte” e, todos juntos, vão fazer com que, de forma “gratuita, frequente e segura, as pessoas tenham agora uma resposta que até à data não tinham”.

 

“Às vezes só me apetece gritar. É uma impotência muito grande”

 

É precisamente essa ajuda que espera Maria da Conceição que cuida da mãe, a quem foi diagnosticado Alzheimer há cerca de dois anos.

 

“Às vezes não sei lidar com a minha mãe. Ela não me conhece. Recusa-se a comer. Pode ser que naquele espaço encontre soluções para contornar a situação”, confidencia à Renascença, acrescentando que “não é fácil lidar com um familiar que amamos e que não nos conhece”.

 

“Às vezes só me apetece gritar. É uma impotência muito grande”, desabafa Conceição de 47 anos.

 

Mirandela já tinha um Gabinete de Apoio à Doença de Alzheimer e conta, a partir de novembro, com o Café Memória. Um projeto que a presidente da autarquia, Júlia Rodrigues, justifica pelos “muitos casos de isolamento” no concelho.

 

“Estes casos de demência ainda geram mais isolamento. E o município e também muitos aderentes, empresas e instituições de Mirandela, associaram-se a este projeto por uma questão social, de solidariedade, para apoiar estes doentes e os cuidadores”, realça a autarca.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), que apresentou em maio um guia para prevenir a doença, os casos de demência (perda de funções cognitivas com a idade) poderão triplicar até 152 milhões em todo o mundo, em 2050.

 

Num relatório sobre a demência publicado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), em junho de 2018, Portugal aparece como o 4º país com mais casos, cerca de 160 mil pessoas. De acordo com o mesmo relatório, prevê-se que em 2037 Portugal suba para terceiro.

Café Memória tem mais um local de encontro, em Mirandela

9.10.2019

A Associação Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra, em parceria com a Câmara Municipal de Mirandela e a Associação MentalMente, assinalam, com um evento no próximo dia 15 de outubro, pelas 17h30, no Museu Municipal Armindo Teixeira Lopes, a criação de um novo Café Memória em Mirandela.

 

O novo local de encontro conta também com o apoio financeiro decorrente do Donativo Participativo Santander 2018 e dos parceiros locais, que contempla cinco empresas (Alheiras Angelina - Alves & Ribeiro Lda.; Eurofumeiro - Sociedade Industrial de Transformação de Carnes, Lda.; Topitéu - Alheiras de Mirandela, Lda., Alheiras Gracinda - José Marcelino Cepeda – Herança e APPITAD CONT- Contabilidade Unipessoal lda); Luís Esteves, Lda.; EPA - A Escola Profissional de agricultura e desenvolvimento rural de Carvalhais, Mirandela; e Gestitomé – Formação Profissional, Lda. 

 

As sessões do Café Memória de Mirandela terão lugar no Bar do Centro Cultural Municipal, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão acontecerá no dia 16 de novembro e as seguintes irão realizar-se sempre nos terceiros sábados de cada mês, das 10h00 às 12h00. 

 

A chegada do projeto à cidade de Mirandela está integrada na estratégia de expansão da iniciativa a diferentes regiões do país, de modo a levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. O Café Memória já está presente noutras cidades como Lisboa, Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Sintra, Évora, Esposende, Sesimbra, Barreiro e agora Mirandela.

Café Memória chega ao Barreiro e soma 20 pontos de encontro em Portugal

3.9.2019

A Associação Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra assinam amanhã, 5 de setembro, no Auditório da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro o protocolo para a criação de um Café Memória na cidade do Barreiro, resultado da parceria com o Município e a Santa Casa da Misericórdia deste concelho. 

 

As sessões vão realizar-se no restaurante Talho Central, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão acontecerá no dia 14 de setembro e as seguintes irão realizar-se sempre nos segundos sábados de cada mês, das 9h30 às 11h30. 

 

A chegada do projeto à cidade do Barreiro está integrada na estratégia de expansão da iniciativa a diferentes regiões do país, de modo a levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. O Café Memória já está presente  noutras cidades como Lisboa, Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Sintra, Évora, Esposende e Sesimbra.

 

Em seis anos, o projeto já promoveu mais de 751 sessões, chegando a mais de 13.300 participantes, e formou 550 voluntários, que já dedicaram cerca de 21.700 horas ao projeto. O projeto contou também com a participação dos mais de 1.000 convidados entre especialistas, técnicos e pessoas interessadas na área das demências, que muito têm contribuído para a consolidação do projeto e para o suporte às pessoas e famílias abrangidas pela iniciativa.

Café Memória chega a Sesimbra

18.6.2019

A Sonae Sierra e a Associação Alzheimer Portugal assinam hoje, 19 de junho, um protocolo com o Município de Sesimbra e a Santa Casa da Misericórdia de Sesimbra para a criação de um Café Memória na cidade, naquela que passa a ser a 20ª unidade desta rede de pontos de encontro destinados a pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores.

As sessões irão realizar-se no Espaço Memória (Rua Antero de Quental, nº 15), nos quartos sábados de cada mês, entre as 10h00 e as 12h00, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão realiza-se já este sábado, 22 de junho.

A chegada do projeto à cidade de Sesimbra está integrada na estratégia de expansão da iniciativa a diferentes regiões do país, de modo a levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. Com este acordo, o projeto, criado em 2013, passa a contar com 20 locais de encontro distribuídos um pouco por todo o país: Lisboa (em cinco espaços diferentes), Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Leiria, Sintra, Évora, Esposende e, agora, Sesimbra.
 

Café Memória chega a Esposende

15.10.2018

A Associação Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra assinam hoje, 16 de outubro, um protocolo com o Município de Esposende e o Centro Social da Juventude Unida de Marinhas para a criação de um Café Memória na cidade.

As sessões irão decorrer na Casa da Juventude de Esposende (Av. Dr. Henrique Barros Lima, 4740-203 Esposende), no 3.º sábado de cada mês, das 10h00 às 12h00, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão está agendada para dia 17 de novembro de 2018. 

A chegada do projeto à cidade de Esposende contribui para a expansão desta rede de apoio pelo país, levando esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. 

O café Memória, criado em 2013, passa a contar com 19 pontos de encontro: Lisboa (em cinco locais diferentes), Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Leiria, Sintra, Évora e, agora, Esposende.

 

Até à data, já foram realizadas 625 sessões de Café Memória, com cerca de 10.000 participações, maioritariamente de cuidadores e familiares de pessoas com demência, tendo sido formados mais de 500 voluntários que já dedicaram perto de 17.000 horas ao projeto.

Storytelling promete eternizar o Café Memória

16.6.2019

A Alzheimer Portugal, em parceria com a Agência Nave 16, lançou o seu primeiro projeto de Storytelling dedicado ao Café Memória, no passado sábado, 15 de junho de 2019.

A apresentadora e escritora Luísa Castel-Branco é embaixadora deste projeto de storytelling, que promete eternizar a história do Café Memória através da experiência de vários intervenientes e beneficiários.


Na última sessão do Café Memória de Cascais no passado sábado, na Portugália do Cascaishopping, recebemos a embaixadora do projeto para falar sobre “Histórias e Memórias”. O tema cruzou-se com as vivências dos cuidadores e pessoas com demência que habitualmente frequentam este local de encontro e que aproveitaram esta oportunidade para conhecer pessoalmente a Luísa Castel-Branco, conversar com ela sobre o seu percurso profissional e pessoal e partilharem experiências de vid
.


Este projeto de storytelling consiste num desafio lançado pela agência de comunicação Nave16 que decidiu apoiar esta causa social para contar as histórias do Café Memória que não podem ser esquecidas. 


Projeto Café Memória selecionado para receber Donativo Participativo

11.10.2018

A Alzheimer Portugal, com o projeto Café Memória, foi uma das selecionadas pelos colaboradores do Santander para receber 7500€ do Donativo Participativo, criado para apoiar financeiramente projetos sociais ou ambientais. 


Esta é a primeira edição do “Quem Faz Bem – Donativo Participativo” do Santander, que tem como finalidade reconhecer e apoiar financeiramente os projetos das IPSS, ONG, Fundações ou Associações, com ações desenvolvidas em Portugal nas áreas da educação, empreendedorismo e criação de emprego, bem-estar social e ambiente, que visem melhorar a qualidade de vida das pessoas.


Os projetos foram apresentados pelos colaboradores do Santander, que se tornaram “padrinhos ou madrinhas” dos mesmos, tendo sido recebidas 145 candidaturas de todo o país. Após análise e seleção das 15 iniciativas finalistas, procedeu-se a um sistema de votação online entre todos os colaboradores do Banco que elegeram então os quatro vencedores.

A Alzheimer Portugal agradece à voluntária Sónia Ferreira, madrinha e colaboradora do Banco, por escolher o Café Memória para o candidatar a este concurso interno.


As outras associações apoiadas foram: Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, BIPP – SEMEAR e CASA – Centro de Apoio ao Sem-Abrigo da Madeira.

Café Memória Faz-se à Estrada

16.4.2018

Este mês, o Café Memória faz-se à estrada!

Depois do sucesso conseguido nos últimos 5 anos, a Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra, em parceria com a Fundação Montepio, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, lançam hoje uma nova vertente do Café Memória, que tem como objetivo percorrer as estradas de Portugal para chegar às populações que vivem fora dos grandes centros urbanos: o Café Memória Faz-se à Estrada.

Esta iniciativa consiste na aplicação inovadora de um modelo assente na itinerância, já usado em outros contextos e épocas, para ir ao encontro de comunidades menos favorecidas do ponto de vista social e geográfico.

A primeira sessão itinerante irá decorrer já no próximo dia 20 de abril em Portimão, com o apoio local do Município no Museu de Portimão, das 17h00 às 19h00.

Posteriormente, o Café Memória Faz-se à Estrada irá visitar muitos outros concelhos do País. Mirandela e Peniche serão os próximos destinos onde decorrerão sessões itinerantes, em datas a anunciar brevemente.

5º aniversário Café Memória

5.4.2018

O projeto Café Memória, que arrancou pela primeira vez como um projeto-piloto em Abril de 2013, comemorou este mês o seu quinto aniversário.

A sessão comemorativa teve lugar no Café Memória do Colombo e contou com a participação especial de Margarida Pinto Correia que falou sobre o seu testemunho como cuidadora.

Atualmente há 18 Cafés Memórias em todo o país e até 2017 o projeto contou mais de 460 sessões, com cerca de 7.800 participações, tendo formado cerca de 485 voluntários que já dedicaram mais 13.660 horas a este projeto.

Demência debatida todos os meses à mesa do Café

14.1.2018

Notícia no Correio do Minho

Café Memória no Programa "Juntos à Tarde" na SIC

4.1.2018

Catarina Alvarez, Coordenadora do Café Memória, esteve no dia 3 de janeiro de 2018 no programa "Juntos à Tarde" na SIC.

Renovação Protocolo Café Memória Almada

15.12.2017

No dia 19 de dezembro, terça-feira, a partir das 14h30, no Fórum Municipal Romeu Correia – Sala Pablo Neruda, em Almada, é assinado o protocolo que permite que o Projeto Café Memória prossiga, em 2018, no concelho de Almada.

Café Memória no Programa "É a vida Alvim"

13.12.2017

No passado dia 2 de dezembro de 2017, Catarina Alvarez, Coordenadora do Café Memória, esteve no Programa "É a Vida Alvim", no Canal Q.

Café Memória chega a Évora

6.12.2017

A Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra assinam a 7 de dezembro um protocolo com a Universidade de Évora para a criação de um Café Memória na cidade. São ainda parceiros locais deste novo Café Memória o Município de Évora, a Direção Regional de Cultura do Alentejo, a Fundação Eugénio de Almeida, a Fundação Alentejo, as Empresas NephroCare, DECSIS e a Delta Cafés.

 

As sessões irão decorrer no Espaço - Igreja do Convento do Salvador (R. do Salvador, nº 2­), no 4.º sábado de cada mês, das 10h00 às 12h00, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão está agendada para dia 27 de janeiro de 2018.

 

A chegada do projeto à cidade de Évora está integrada na estratégia de expansão da iniciativa a diferentes regiões do país, de modo a levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. Com este acordo, o projeto, criado em 2013, passa a contar com 18 locais de encontro: Lisboa (em cinco espaços diferentes), Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Leiria, Sintra, e agora, Évora.

Café Memória chega a Sintra

6.11.2017

A Associação Alzheimer Portugal e a Sonae Sierra assinam no próximo dia 8 de novembro, às 17h00, no MU.SA - Museu das Artes de Sintra, um protocolo com a Casa de Saúde do Telhal, entidade promotora local para a criação de um Café Memória neste concelho, o qual contará ainda com o apoio do Município de Sintra e do Centro de Cultura e Desporto Sintrense. 

 

As sessões irão funcionar na Cafetaria Casa Mantero da Biblioteca Municipal de Sintra, nos segundos sábados de cada mês, das 10h às 12h, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão está agendada para o próximo dia 11 de novembro de 2017.

 

A expansão do projeto ao concelho de Sintra está integrada na estratégia de alargamento da iniciativa a diferentes regiões do país, de modo a levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. Com este acordo, o projeto, criado em 2013, passa a contar com 17 locais de encontro: Lisboa (em cinco espaços diferentes), Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira, Barcelos, Almada, Leiria, e agora, Sintra.

Artigo sobre Café Memória na "Alzheimer Europe Magazine"

13.10.2017

"The Alzheimer Europe Magazine", Issue 25, October 2017

Sessão Especial em Loulé

1.10.2017

O Café Memória terá uma sessão especial em Loulé, no dia 12 de outubro, pelas 16 horas.

 

Esperamos por si na Escola Secundária de Loulé, Avenida Laginha Serafim.

A participação é gratuita e não necessita de inscrição prévia.


Contacto:

tel.: 935 044 787

Sessão Especial em Óbidos

1.10.2017

O Café Memória terá uma sessão especial em Óbidos, no dia 10 de outubro, pelas 17 horas.

 

Esperamos por si no Espaço Ó (junto à Porta principal da Vila).

A participação é gratuita e não necessita de inscrição prévia.


Contactos:

tel.: 262 958 799
conferencias.adsfan@gmail.com

Café Memória chega a Marvila e ao Campo Pequeno

20.9.2017

A Associação Alzheimer Portugal  e a Sonae Sierra assinam dia 21 de setembro, às 15h30, um protocolo com o Município de Lisboa e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, no Salão Nobre da Câmara Municipal, para a criação de dois novos Cafés Memória na cidade, situados no Campo Pequeno e em Marvila.

No Campo Pequeno, as sessões irão funcionar na Biblioteca Palácio Galveias, no segundo sábado de cada mês, das 10h00 às 12h00. Em Marvila, as sessões decorrerão na Biblioteca Municipal, no quarto sábado de cada mês, das 10h00 às 12h00. A entrada é livre e sem necessidade de inscrição prévia.

A expansão territorial do projeto na cidade de Lisboa insere-se na estratégia de crescimento da iniciativa, numa lógica de proximidade, com o objetivo de levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. Com este acordo, o projeto criado em 2013 passa agora a contar com cinco Cafés Memória em zonas distintas da cidade: Colombo, Chiado, Castilho, Campo Pequeno e Marvila.

Seminário "Inovação Social em Viseu Dão Lafões"

16.7.2017

Decorreu no dia 13 de julho o Seminário "Inovação Social em Viseu Dão Lafões", que contou com a participação do Presidente das Obras Sociais, Dr. José Carreira, na qualidade de coordenador do Centro de Apoio Alzheimer Viseu, focando o trabalho desenvolvido no Café Memória de Viseu.

Visita à Casa das Histórias Paula Rego - Café Memória Cascais

14.6.2017

A sessão do mês de junho do Café Memória de Cascais não se realizará, como é habitual, no restaurante Portugália do Cascaishopping. Este mês vamos ter o privilégio de fazer uma visita à Casa das Histórias Paula Rego em Cascais (Av. da República, 300), no horário habitual da sessão, das 9h às 11h. Apareçam!

Jornalista Fernando Correia participa no CAFÉ MEMÓRIA Viseu

2.4.2017

O Jornalista Fernando Correia foi o orador convidado na sessão de março do CAFÉ MEMÓRIA Viseu.

 

No seu testemunho partilhou a sua experiência de cuidador e os desafios provocados pela Demência. Salientou a importância de olharmos para pessoa para além das suas limitações e dificuldades, sendo que o respeito e o carinho são fundamentais!

Veja aqui a notícia publicada pelo Diário de Viseu.

Veja aqui a notícia publicada pelo diário digital Dão e Demo.

Leiria vai ter Café Memória

4.6.2017

A Sonae Sierra e a Associação Alzheimer Portugal vão assinar um protocolo com a Câmara Municipal de Leiria e a Sumol+Compal, para trazer o CAFÉ MEMÓRIA a este concelho. A cerimónia terá lugar no dia 8 de junho, às 17h00, na Biblioteca Municipal.

As sessões irão realizar-se no quarto sábado de cada mês, das 10h00 às 12h00, na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria. A primeira sessão está agendada para o dia 24 de junho de 2017.

Café Memória na Rádio Renascença

3.5.2017

O 4º aniversário do Café Memória não passou despercebido à Radio Renascença! No dia 2 de maio, a jornalista Miriam Gonçalves entrevistou a coordenadora do projeto sobre o formato e objetivos desta resposta e o que tem sido desenvolvido ao longo destes quatro anos no terreno.

2º Aniversário do CAFÉ MEMÓRIA Oeiras

23.4.2017

O 2º Aniversário do CAFÉ MEMÓRIA Oeiras foi celebrado com uma sessão especial de estimulação e relaxamento, em colaboração com o Centro Nuno Belmar da Costa, em Oeiras.

CAFÉ MEMÓRIA Viseu celebra o 2º aniversário

23.4.2017

O 2º aniversário do CAFÉ MEMÓRIA Viseu foi assinalado com muita alegria e boa música! A presença e testemunhos do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Dr. Joaquim Seixas, da Coordenadora Nacional do Projeto Café Memória, Dra. Catarina Alvarez, e do Presidente da Alzheimer Portugal, Dr. José Carreira, deram o mote para a boa disposição e o músico Filipe Cardoso, além de nos falar sobre as potencialidades da música, tocou, cantou e pôs todos os participantes a cantar.

No âmbito do 2º aniversário do CAFÉ MEMÓRIA Viseu, os meios de comunicação local divulgaram a iniciativa:

http://www.ruadireita.pt/este-nosso-territorio/cafe-memoria-de-viseu-celebra-2-o-aniversario-17974.html

http://www.daoedemo.pt/noticias/detalhes/2298

Notícia publicada no Diário de Viseu.

Formação de voluntários em Braga

13.4.2017

A plataforma de comunicação online, Braga TV, publicou esta quarta-feira uma notícia no ãmbito da formação de voluntários do CAFÉ MEMÓRIA Braga.

Sessão de abril do Café Memória Braga

12.4.2017

A sessão de atividades com recurso a jogos estratégicos no Café Memória Braga foi um sucesso! O jornal Press Minho publicou uma notícia.

No Café Memória tenta-se esquecer o Alzheimer durante uma manhã

12.4.2017

Na celebração do 4º aniversário do Café Memória o jornal PÚBLICO fez-nos uma visita e foi conhecer três voluntárias do projeto. A notícia foi publicada no dia 9 de abril.

Uma mesa de peso no 4º aniversário do Café Memória

5.4.2017

O Café Memória tem sido um projeto muito acarinhado pelos dirigentes da Alzheimer Portugal. No 4º aniversário estiveram presentes 4 presidentes da Associação: o atual, José Carreira, e os 3 anteriores, João Carneiro da Silva, Maria Rosário Zincke dos Reis e Manuela Morais.

4º Aniversário do projeto Café Memória

1.4.2017

No dia 1 de abril celebrámos o 4º aniversário do Café Memória na Portugália do Colombo. Foi uma sessão muito especial com um convidado e um tema apreciado por toda a gente.

Foi em torno do tema felicidade que se desenvolveu toda a sessão: para começar os participantes foram desafiados a escolher frases com diversas situações ou coisas que os podem fazer felizes e, após saborear uma chávena de café ou chá e uma fatia de bolo, teve lugar a palestra sobre o tema felicidade para as pessoas mais velhas, proferida pelo Professor Doutor Américo Baptista, licenciado em Psicologia e Doutorado em Ciências Biomédicas. Foi, sem dúvida, uma excelente forma de arrancar com mais um ano de atividades!
Renovamos uma vez mais os nossos agradecimentos aos nossos fantásticos parceiros institucionais e a todos aqueles os que nos apoiam localmente para tornar possível a realização dos vários Cafés Memória no país.

Voluntários são mais saudáveis

29.3.2017

Voluntariado dá saúde e traz maiores oportunidades de emprego são as conclusões de um estudo publicado na revista científica PLOS ONE, que foi levado a cabo pela Universidade de Ghent na Bélgica e que analisou dados de mais de 40 mil pessoas, em 29 países europeus, incluindo Portugal. Veja aqui a notícia publicada na revista Visão.

Palestra sobre "O Bem-Estar do Cuidador Familiar" no CAFÉ MEMÓRIA Madeira

20.3.2017

Divulgação da sessão de março no Diário de Notícias Madeira.

Município de Cascais distingue o contributo dos seus voluntários

5.3.2017

No dia 3 de março, o município de Cascais homenageou o trabalho dos voluntários que colaboram em iniciativas, equipamentos e instituições do concelho. Em representação da Alzheimer Portugal e do CAFÉ MEMÓRIA Cascais estiveram presentes Catarina Alvarez, coordenadora da Rede Cafés Memória, e Patricia Charters, voluntária ativa em diversas iniciativas da Alzheimer Portugal.

CAFÉ MEMÓRIA regressa ao Madeira Shopping

20.2.2017

Divulgação da sessão de fevereiro no Diário de Notícias Madeira.

Artigo sobre a Rede CAFÉ MEMÓRIA na Newsletter de Fevereiro da Alzheimer Europe

1.2.2017

CAFÉ MEMÓRIA na Revista AMAR

8.2.2017

A revista mensal da comunidade portuguesa no Canadá, AMAR, publicou uma notícia sobre o Café Memória, dedicada à sessão de janeiro que decorreu em Viseu e foi dinamizada pela equipa do Roteiro Nacional da Cidadania de Portugal, um projeto que desafia as redes e as comunidades locais de todo o país a uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação.

CAFÉ MEMÓRIA vai abrir em Almada

18.12.2016

É com enorme satisfação que terminamos o ano de 2016 com a abertura de mais um CAFÉ MEMÓRIA, que agora chega ao concelho de Almada. Será pelas 16h00 do próximo dia 20 de dezembro o evento de lançamento e a assinatura do protocolo entre a Sonae Sierra, a Associação Alzheimer Portugal, a Câmara Municipal de Almada, a Santa Casa da Misericórdia de Almada, e membros do Grupo Concelhio de Idosos de Almada.

As sessões irão funcionar no Museu Municipal de Almada nos segundos sábados de cada mês, das 10h30 às 12h30, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão está agendada para o próximo dia 14 de janeiro de 2017!

CAFÉ MEMÓRIA na TSF

16.12.2016

A TSF assistiu a uma sessão do CAFÉ MEMÓRIA e entrevistou a coordenadora do projeto, Catarina Alvarez, que falou sobre a iniciativa e os desafios dos cuidadores, e ainda duas participantes que deram o seu testemunho enquanto cuidadoras de familiares com diagnóstico de demência.

Notícia sobre CAFÉ MEMÓRIA Barcelos

15.12.2016

Barcelos Popular lança notícia a propósito da abertura do CAFÉ MEMÓRIA Barcelos.

Jornal de Barcelos divulga abertura do CAFÉ MEMÓRIA

14.12.2016

Notícia sobre a abertura do CAFÉ MEMÓRIA BARCELOS.

CAFÉ MEMÓRIA em Barcelos

12.12.2016

No passado dia 7 de dezembro, a Sonae Sierra e a Associação Alzheimer Portugal assinaram um protocolo com a Câmara Municipal de Barcelos e a Casa de Saúde S. João de Deus, na qualidade de entidades promotoras locais, e com o estabelecimento Café na Praça, para a criação de um CAFÉ MEMÓRIA em Barcelos.

 

As sessões irão funcionar no Café na Praça, em Barcelos, nos segundos sábados de cada mês, das 10h00 às 12h00, com entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. A primeira sessão está agendada já para o próximo dia 11 de fevereiro de 2017.

Com este acordo, o CAFÉ MEMÓRIA passa a contar com doze locais de encontro: Lisboa-Colombo, Lisboa-Chiado, Lisboa-Castilho, Cascais, Porto, Viana do Castelo, Oeiras, Viseu, Braga, Guimarães, Madeira e, agora, Barcelos.

CAFÉ MEMÓRIA Viana do Castelo celebra 2º aniversário com diversas iniciativas

27.11.2016

O CAFÉ MEMÓRIA Viana do Castelo celebrou o seu 2º aniversário em grande: na manhã de sábado, 26 de novembro, teve lugar a sessão de aniversário no novo espaço, o restaurante "Taberna do Valentim", que foi reservada a muitas emoções e surpresas! Ao longo do fim-de-semana continuaram as celebrações, com iniciativas dirigidas a todas as idades: dramatização da história d'O Pequeno Elefante Memo, Exposição "2 anos de Café Memória" e a realização de rastreios cognitivos

2º aniversário do CAFÉ MEMÓRIA Porto

21.11.2016

No dia 12 de novembro de 2016, celebrámos mais um ano de atividade do CAFÉ MEMÓRIA Porto. Foi também a celebração de 2 anos de encontros, recheados de aventuras, aprendizagens e partilhas!

CAFÉ MEMÓRIA chega à ilha da Madeira

5.10.2016

A Sonae Sierra e a Delegação da Madeira da Associação Alzheimer Portugal assinaram, dia 4 de outubro de 2016, um protocolo com a Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, o grupo ENOTEL e ainda o restaurante Yuan Sushi Wok, para a criação de um CAFÉ MEMÓRIA na Madeira.
As sessões irão realizar-se no restaurante Yuan Sushi Wok do MadeiraShopping, aos quartos sábados de cada mês, das 9h às 11h, e a primeira sessão está agendada já para o próximo dia 22 de outubro de 2016!

CAFÉ MEMÓRIA é divulgado na revista Notícias Magazine

1.10.2016

Artigo sobre Doença de Alzheimer publicado na revista Notícias Magazine dá destaque aos cuidadores e ao CAFÉ MEMÓRIA!

Balanço positivo do CAFÉ MEMÓRIA de Braga

23.9.2016

O Diário do Minho publicou no dia 24 de setembro uma notícia sobre o CAFÉ MEMÓRIA
Conheça o balanço dos primeiros 9 meses de funcionamento da iniciativa em Braga.

Entrevista sobre o CAFÉ MEMÓRIA de Viseu

25.9.2016

O CAFÉ MEMÓRIA recebeu um grande destaque na newsletter de setembro do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu, numa entrevista a José Carreira, Presidente da IPSS – Obras Sociais do Pessoal da Câmara Municipal e Serviços Municipalizados de Viseu (a partir da página 13).

CAFÉ MEMÓRIA na SIC Mulher

20.9.2016

No Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, a coordenadora do CAFÉ MEMÓRIA, Catarina Alvarez, e dois cuidadores, participantes do CAFÉ MEMÓRIA, foram entrevistados no programa Faz Sentido da SIC Mulher, apresentado pela Adelaide de Sousa.

Passeio da Memória 2016

17.9.2016

Técnicos, participantes, voluntários e amigos do CAFÉ MEMÓRIA juntaram-se à Alzheimer Portugal no Passeio da Memória de Oeiras de 2016.

 

Esta caminhada solidária assinalou o Dia Mundial da Doença de Alzheimer, que se comemora no dia 21 de setembro! Foi uma excelente oportunidade de convívio, atividade física, sensibilização e angariação de fundos.

Agora já é possível apoiar o CAFÉ MEMÓRIA com o seu donativo!

11.8.2016

Sabia que agora já é possível apoiar a causa de forma simples e rápida?

 

Basta preencher o formulário seleccionando a opção 'Café Memória' e receberá no seu email os dados para fazer o seu donativo através do multibanco com toda a segurança. Com os respetivos dados pode efetuar o pagamento em qualquer caixa multibanco (ATM) ou no seu homebanking, em 'Pagamento de Serviços'.

 

Ajude-nos a chegar a cada vez mais pessoas com o seu contributo!

 

Artigo publicado no portal Ei Montepio dá a conhecer os projetos CUIDAR MELHOR e CAFÉ MEMÓRIA

19.5.2016

Despertar o escritor que há em nós!